quinta-feira, 17 de março de 2011

Arco-íris


Há um arco-íris ligando o que sonha e o que entende – e por essa frágil ponte circula um mundo maravilhoso e terrível, que os não iniciados apenas de longe percebem, mas de cuja grandeza se vêem separados por muralhas estranhas, que tanto afastam como atraem.

Celicia Meireles


2 comentários:

retiscencias... disse...

só vc mesmo pode definir, se as muralhas seram ultrapassadas ou se seram esquecidas.... o que vale sempre é a vontade de fazer algo que queremos muitooo

Long Haired Lady disse...

e no fim do arco iris, um pote de ouro...