sexta-feira, 13 de maio de 2011

Fabriquemos pérolas...




A pérola é o resultado da entrada de uma substância estranha, ou um grão de areia, no interior da concha que contém a ostra. A parte interna da concha é uma substância lustrosa chamada nácar. Quando um grão de areia nela penetra, as células do nácar entram em ação e recobrem o grão com várias camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra.
Como resultado, uma linda pérola vai se formando no seu interior. Uma ostra que nunca foi ferida não produzirá pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.
Devemos cubrir nossa magoas com camadas e camadas de perdão e amor.
Infelizmente, são poucas as pessoas que aprendem a não cultivar ressentimentos, e por isso deixam as feridas abertas, alimentando-as com sentimentos inferiores, não permitindo que cicatrizem, e daí o haver tantas ostras vazias!
Não porque não tenham sido feridas, mas porque não souberam compreender, perdoar e transformar a dor em amor. Fabriquemos pérolas!


3 comentários:

A Designer de Joias disse...

Oi Linda, imaginei que vc se identificaria com as Joias emotiocons, até porque o nome do teu Blog tem tudo a ver com a coleção.
Para encontrar te sugiro levar o desenho á um ourives ou joalheiro que vc confie que ele faz, não é difícil.
Bjos e Boa Sorte no sorteio. Semana que vem tem mais parceria e novas joias. Bjos

lila rizzon disse...

Mila, querida!

Adorei esse post. Bela relfexão. E é bem verdade isso - ao invés de produzir sabedoria, muitas vezes as pessoas cultivam ressentimentos e não permitem cicatrizar nada. E assim, não se evolui. Não se cresce.

Beijocas e bom ocmeço de semana pra vc!

Đeh Olliveira ♪ disse...

Bom Dia que a cada manhã vc sinta em seu coração a certeza de que a vida lhe espera de braços aberto para receber suas expectativas e realizá-las uma a uma.

Doce Beijo.